4 e 5, Deus e o Diabo e oportunidades perdidas

Postado em

Não, gente, esse não é um post sobre Numerologia. O assunto aqui são os planetas Júpiter e Saturno.

Para quem conhece glifos astrológicos, não é difícil fazer a associação com a forma dos números 4 (no caso de Júpiter) e 5 (no caso de Saturno). Júpiter é a sorte, as oportunidades inesperadas, a maré de coisas boas que podem fazer com que o indivíduo sinta-se onipotente.

A figura de Zeus na mitologia grega explica muito sobre a ação desse planeta em nossos mapas. Em Júpiter tudo é fácil, tudo é tranquilo, tudo bem de mãos beijadas. Com isso corremos o risco de nos tornarmos indolentes. E essa pode ser uma manifestação ruim do Júpiter.

A fim de que Júpiter possa ser contido em sua galopante expansão/crescimento/engorda, há de se fazer uso de um planeta um tanto mal-visto pela Astrologia tradicional: Saturno. Enquanto Júpiter fala de prosperidade, abundância e desenvolvimento, Saturno fala de pobreza, escassez e enfraquecimento. Mas o Senhor do Tempo não é somente ruim. Saturno nos fala também de estruturação, disciplina, trabalho, esforço.

Precisamos de Saturno, a fim de que o Júpiter possa ser melhor aproveitado.

Senão é aquilo: novas oportunidades aparecem, mas nunca estamos prontos.

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s