Serve pra mim também

Postado em Atualizado em

ape in the mirror

Eu sou assumidamente crítico em relação a muitas coisas (com o Sol e Mercúrio em Virgem, não era de se esperar nada muito diferente). O tom de crítica vai desde a crítica construtiva, do tipo “tá bom, mas acho que isso poderia melhorar”, até aquela que detona mesmo. Via de regra há sempre uma crítica a respeito de algo ou alguém, e obedecendo ao clichê virginiano – não existe perfeição.

Sorry, folks. Sou tão humano como qualquer outra pessoa que esteja a ler esse blog, portanto tenho defeitos também.

Mas teve uma coisa que eu ouvi esses dias que me fez parar e pensar:

Existem várias maneiras do Universo nos amar, e ele tenta fazer isso o tempo todo, no entanto quando somos críticos em relação a alguma coisa, estamos perdendo a oportunidade de sermos amados. O Universo é grande, vasto e sábio demais, portanto vai sempre se manifestar para nós de alguma maneira. No entanto, justamente por ser sábio demais, grande demais e vasto demais, nem sempre essa apresentação vai ser do nosso total agrado – e é essa mesmo a intenção! Nem sempre tudo o que aparece na nossa frente é um desafio a ser superado. Existem presentes também.

Mas é preciso que estejamos receptivos a esses presentes, a fim de recebê-los de braços (e coração!) abertos. Imagine cada uma das suas críticas, em relação a si mesmos, em relação aos outros, como uma porta para a felicidade que é fechada. Por que isso Porque cada vez que criticamos uma coisa, estamos a dizer para o Universo “você não pode me amar desse jeito!” Ou então, sendo mais específico: “você não pode me amar através dessa pessoa/dessa criança!”

Como esse texto também está sendo escrito para mim, vou me propor a fazer um exercício: por um dia inteiro vou procurar não criticar nada nem ninguém. Quem sabe vocês não fazem o mesmo e a gente escreve sobre o resultado disso depois? Mandem comentários que eu posto aqui.

A foto eu peguei do Flickr. Cortesia de 8 Skeins of Danger (thank you, pal!)

Um comentário em “Serve pra mim também

    Letícia disse:
    quarta-feira, 11 março 2009 às 12:59 pm

    Oi Júnior!

    Ok, serviu muito bem para mim!
    Vou seguir sua proposta, estou precisando… a paciência está um pouco curta, e assim o meu senso crítico está mais ativo…
    Depois te conto como foi a minha experiência!

    Beijos
    Letícia

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s