Arcano I – O Mago

Postado em Atualizado em

Ponto de partida de tudo no Tarô (pois o estado representado pelo Louco ainda é imanifesto), aqui tomamos consciência de nossas capacidades embora tenhamos ainda muito a aprender. Em alguns Tarôs, O Mago é análogo ao deus grego Hermes e dele herdamos a clareza em relação às nossas potencialidades, a astúcia e a lógica. De posse dessas “armas”, podemos conquistar qualquer coisa. Também dispomos de malícia, em contraponto à ingenuidade do Louco. Essa lâmina é por si só, representante do princípio masculino e todos os seus atributos (iniciativa, atividade, movimento, calor, yang, raciocínio) no Tarô. Sabemos como lidar com as pessoas, conseguimos nos comunicar e vamos em frente. É o poder criador do homem, sua autoconfiança e plena posse das faculdades físicas.

Carta de forte ressonância material ou mental (aspectos mais fortes do Mago), sem nenhuma ressonância espiritual.
Palavras-chave: Inteligência, habilidade, consciência do potencial que se tem, capacidade, atividade, dinamismo, poder criativo, ação, impulsividade, demonstração, exibicionismo, charlatanismo, nervosismo, novidades, irresponsabilidade, compreensão, inaptidão para realizar o que foi proposto.

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s