Elul – Virgem

Postado em

Elul é o último dos meses do calendário judaico. É o mês da introspecção, da auto análise, também chamado de “mês do arrependimento”, “mês do perdão” e “mês da misericórdia”. Elul é – em hebraico – um acrônimo para a frase “Eu sou do meu amado, e o meu amado é meu.” (Cântico dos Cânticos 06:03) – que é inscrito dentro de alianças de casamento.

Cada mês no calendário judaico tem um signo que o simboliza (em hebraico mazal, que literalmente significa “sorte”), e Elul é representado pelo signo de Virgem. Notemos que Virgem, como um signo mutável, está prestes a se transformar em outra coisa (a partir do casamento – representado no signo de Libra e no mês seguinte: Tishri). Por isso, Elul é o último mês do calendário: porque é como a donzela que brevemente se casará e tornar-se-á esposa/mulher.

Virgem é um dos signos estigmatizados no Zodíaco. Parece, algumas vezes, sinônimo de gente chata.

(Eu mesmo, como virginiano, já vi pessoas torcerem o nariz à simples menção desse signo.)

A “chatice” virginiana, de olhar todos os detalhes, de criticar tudo o que está ao redor, é apenas uma polarização negativa da energia desse signo. A mente virginiana nasceu para organizar, catalogar, enxergar o erro e eliminá-lo, aperfeiçoar, tornar simples o que é complexo – ou quando isso não é possível, entender o complexo de modo a explicá-lo de forma simples. Essa é a verdadeira essência de virgem e por isso virginianos são dotados da capacidade de enxergar as falhas que ninguém mais vê. Aqui o problema é os detalhes se empilharem na mente do virginiano e se sobreporem a todo o resto. Os fãs de cinema podem lembrar do personagem do Jack Nicholson no filme “Melhor Impossível” – um personagem que tinha transtorno obsessivo-compulsivo e tinha mania de limpeza – como um retrato triste da energia de Virgem mal-condicionada.

Todos sabemos que tudo aquilo que está limpo e organizado tende a funcionar melhor – vide a febre da implementação do sistema de 5 S em empresas há alguns anos atrás. A organização (Virgem) facilita o funcionamento rotineiro (Casa VI) de qualquer coisa, por isso uma coisa está relacionada a outra.

Virgem é o signo que encerra o ciclo chamado de hemisfério pessoal. A partir de Libra, estamos no hemisfério social e os assuntos tratam mais do coletivo. Isso significa que Virgem é um signo de aperfeiçoamento pessoal – por isso a ligação com o mês de Elul, afinal é esse o mês que abre a porta para que nos melhoremos. Ainda na metáfora da donzela, Elul é a noiva que espera a sua alma gêmea, o Messias, mas para isso a casa precisa estar arrumada.

…que é uma maneira bonita de dizer que a salvação advém de nosso próprio esforço em nos melhorarmos.

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s